OKR: Descubra Tudo Sobre OKR

okr

Cada dia que passa vivemos um ambiente cada vez mais VUCA, e o OKR pode nos ajudar com isso!

Antes de qualquer coisa, vale lembrar que a sigla VUCA significa Volatility (alta volatilidade), Uncertainty (muita incerteza), Complexity (complexo) e Ambiguity (cheio de ambiguidades).

E este é o mundo que vivemos hoje, esse é o nosso dia a dia. Um mundo cada vez mais VUCA.

O que é OKR?

Antes de terminar de ler o artigo, assista a um vídeo rápido onde explicamos em 3 minutos o que é OKR:

Vídeo OKR em 3 Minutos – MindMaster

É uma metodologia de gestão que foi criada pelo ex-CEO da Intel Andrew Grove.

Foi apresentado ao Google em 1999 por John Doerr, companheiro de Andrew Grove durante o desenvolvimento do OKR na Intel e foi adotado como padrão logo no seu primeiro ano de teste. 

Além do Google, atualmente outras empresas usam o método como parte de sua cultura interna, incluindo Spotify, Twitter, LinkedIn e Airbnb.

Esse método tem como objetivo simplificar a forma de fazer o Planejamento Estratégico e de encarar os objetivos na empresa ou os principais de um projeto.

O planejamento de Objetivos e Resultados-chaves podem ser feitos desde o nível individual, departamental até chegar ao nível da empresa toda. 

Apesar de ser usado no mundo dos negócios, não se restringe apenas às empresas!

É possível aplicá-lo em outras áreas como: estudos, finanças, viagens, construção e etc.

Apesar de ter se popularizado no Vale do Silício, ele não é um método usado apenas por empresas digitais.

Walmart, Target, The Guardian, Dun e Bradstreet, e ING Bank também estão usando OKR.

Com grandes empresas com tais usando o método, fica difícil duvidar que ele gera resultados.

A seguir veja alguns super poderes desse método

  • Foco e Compromisso com Prioridades: ajuda a escolher e focar no que mais importa
  • Alinhamento da Equipe: devem ser público e transparentes para que todos trabalhem na mesma direção
  • Acompanhamento dos Resultados: ajudam a monitorar o progresso e corrigir a rota
  • Esforço pelo Surpreendente: OKRs são feito de tal forma que nos incentivam a buscar fazer sempre mais

Como o OKR funciona?

O nome não é à toa, ele carrega consigo a maneira como ele funciona.

A sigla vem de Objectives and Key Results, que em português significa Objetivos e Resultados Chaves, logo o OKR.

Vamos imaginar que você esteja indo viajar sem GPS, apenas com um mapa.

Você sabe qual é o seu objetivo, a cidade onde você quer chegar, mas você não sabe o caminho.

Provavelmente o que você irá fazer é se guiar pelo mapa e saberá que está no caminho certo se passar por uma determinada cidade e por alguns pontos que estavam descritos no mapa quando você analisou a rota…

Bem, esse método te auxilia a mapear esses “pontos do mapa” só que com projetos.

No caso da viagem, o objetivo é a cidade onde você quer chegar e os resultados chave são esses pontos do caminho.

O OKR vai auxiliar por fim a estabelecer metas e alinhar a estratégia da empresa com tais obejetivos.

Vamos falar então dos elementos desse método!

Um bom OKR é levemente desconcertante: “dá medo mas é possível”!.

OBJETIVOS

Os objetivos representam a direção pra onde você quer ir.

atingir objetivos

Os objetivos não são apenas para tornar claro o fim do caminho, também servem para promover a união entre as pessoas que estão naquele projeto.

É fundamental que seja alvos claros para que não ocorram dúvidas quanto ao foco.

Seus objetivos também devem:

  • Ser Inspiradores
  • Ser Abrangentes
  • Ter valor para a empresa
  • Ter valor para o cliente
  • Ter valor para o colaborador

Ah… e eles dependem dos Resultados Chave para que sejam alcançados!

É interessante ter poucos deles, no máximo 3 (dica da própria Google), e é nesse momento que temos o foco como resultado.

Os objetivos são o que você quer alcançar! 

Coloque na frase “eu quero alcançar _______” [OBJETIVO].

É interessante que eles sejam inspiradores e abrangentes.

RESULTADOS CHAVE

Os resultados chave servem como parâmetro para determinar o quão perto do objetivo você está.

Eles não são as tarefas! 

Fazer as tarefas não é sinônimo de sucesso.

Tarefas são hipóteses, você não tem certeza de qual iniciativa irá te trazer o resultado esperado. 

Primeiramente é interessante pensar como você medir o progresso até o objetivo.

Em outras palavras, são “mini metas” que te ajudam a conquistar o alvo principal.

No caso da viagem por exemplo, poderíamos definir se estamos perto do objetivo, a cidade que você gostaria de chegar, por Xkm rodados em um dia.

No caso de projetos podemos aplicar métricas ou marcos importantes que irão medir o caminho até o objetivo. 

O resultado chave tem que ser:

•Quantitativo: KR deve possuir um número sempre que possível

•Orientados a Valor : Resultados ao invés de ter uma lista de tarefas ou entregas

•Entregam valor no período: Tente quebrar as entregas em partes cada vez menores para que haja o máximo de entrega de valor no período do OKR



 

Nesse momento temos que ter um certo cuidado com a quantidade de resultados chaves.

Como eles são mensuráveis é interessante ter de 3 a 5 para cada objetivo para que não seja desgastante ficar medindo esses pontos. 

A fórmula de Doerr é a melhor maneira de se explicar a estrutura de um OKR:

Eu vou (Objetivo) medido por (conjunto de Resultados Chaves).

CARACTERÍSTICAS

Comunicação: As expectativas do time/empresa ficam alinhada com os colaboradores.

Simplicidade: A comunicação é simples e eficaz devido à sua linguagem clara.

Bottom-Up e Top Down: Os colaboradores participam da definição de metas, isso gera engajamento e propósito da parte de todos.

Ciclos curtos: Ciclos cursos com acompanhamento do progresso fazem com que os erros sejam corrigidos mais rápidos e atualizações necessárias ficam visíveis ao decorrer do projeto e não apenas no fim ou depois de muito tempo.

Stretch Goals: Metas que forçam o time a sair da zona de conforto e repensar como Trabalhar.

COMO ESTRUTURAR A METODOLOGIA OKR

metodologia okr

Apenas saber significados não é o suficiente para que você comece a utilizar e ver resultado né…

Estruturar a metodologia é um passo muito importante, é preciso uma série de passos que facilitam a utilização do método.

Comece definindo metas claras!

Não complique o que não precisa ser complicado!

Seja específico tanto nos objetivos como nos resultados chave.

Assim as pessoas que participam do projeto ficaram alinhadas e motivadas!

Toda a equipe participa!

Os objetivos não devem ser estabelecidos apenas por líderes e gestores.

Eles fazem 40% dos objetivos e resultados chave, o resto é definido pela equipe!

Assim todos se envolvem na criação das metas, fazendo com que a participação de todos seja útil no processo.

Sem metas longas.

Elas dificultam o processo e a eficiência.

Estabeleça prazos curtos, como um trimestre ou um bimestre…

Resultados Chaves devem ser acompanhados!

Acompanhe os resultados chaves constantemente. 

Você pode fazer isso semanalmente, e se você usar o Scrum, pode acompanhar os resultados junto com as reuniões de Review!

Isso permitirá ajustes rápidos.

Deixe os OKRs visíveis!

A transparência é importante no uso do método.

Como os objetivos e resultados chaves são definidos em conjunto, nada mais justo que deixar à vista de todos!

Assim todos ficam a par dos resultados.

Tenha foco!

Como Steve Jobs disse:

“As pessoas pensam que foco é dizer sim para a coisa que você deve focar. Mas foco é dizer não para as centenas de outras boas ideias que existem”.

Steve Jobs

Então, defina prioridades através dos OKRs.

Até agora falamos de objetivo, falamos de resultado chave, mas eai? 

Como colocar tudo isso em prática?

Como  fazemos para atingir os nossos Objetivos e alcançar os Resultados Chaves?

É agora que entra a parte mais legal!

AS INICIATIVAS

Para cada resultado chave devemos ter iniciativas que é apenas um  “ O que vamos fazer para atingir o Resultado Chave?” 

Aqui entra as tarefas…

E são eles que alimentam o seu método ágil.

Como foi dito no começo,o Scrum e o Kanban cuidam do processo.

Nessa fase nós ligamos os dois aos objetivos e resultados chave.

E depois do processo de OKR você vai ter certeza que o que está no seu projeto é o que realmente importa, é o que vai te levar ao objetivo desejado!

OS DIFERENCIAIS DO OKR

Um ponto importante do uso de tal método é que não existe só uma maneira de usar.

Cada um pode adaptá- lo criando diferentes versões!

O OKR utiliza uma abordagem ágil. 

Diferente de métodos tradicionais, esse método usa ciclos de metas curtos, para facilitar a adaptação à mudanças.

A minha dica é usar ciclo trimestral.

Como o modelo original usado pela INTEL era mensal, os OKRs foram criados em processo que precisava que eles fossem fáceis de entender.

Assim a abordagem se tornou simples e de fácil entendimento.

O QUE NÃO FAZER COM OKR

como usar okr

1. Não crie muitos objetivos e resultados chave

Os okrs são as decisões do que é mais importante naquele periodo de tempo determinado.

Então não crie muitos, isso pode tirar o foco da equipe!

2. OKRs não são tarefas

Use os OKRs para medir a sua entrega de valor e não a entrega de tarefas. 

3. Não se esqueça de alinhar os OKRs

OKR é uma metodologia de alinhamento, então não deixe de conversar com outras equipes e nunca defina seus OKRs isoladamente!

4. Não os abandone

Os OKRs devem ser acompanhados, se não você nunca chegará ao objetivo.

Exemplos de OKR

 Vamos ver alguns exemplos:

Objetivo: Melhorar Experiência e Resultados dos Alunos

  • RESULTADOS CHAVE
  • Índice de Qualidade dos Cursos acima de X;
  • Aumentar conclusão de curso para Y;
  • Criar X Imersões Presenciais;

Objetivo: Escalas as Vendas

  • RESULTADOS CHAVE
  • Aumentar o número de leads gerados por mês de X para Y;
  • Enviar X% dos leads mais qualificados para o fundo do funil;
  • Aumentar as receitas de X para Y com upsell e subprodutos.        

Objetivo: Virar autoridade no mercado

  • RESULTADOS CHAVE
  • Ranquear em 1º lugar no Google para uma a palavra-chave específica;
  • Aumentar de X para Y o número de clientes que conheceram a empresa através de canais digitais.
  • alcançar X inscritos na newsletter.

Conclusão

O OKR é uma ótima metodologia para times que procuram otimizar seus processos de gestão.

E para melhorar, use também o Scrum e Kanban

Seja Ágil!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}

Se Inscreva Para Receber Novos Artigos